Perguntas e Respostas

 

P. - Um primo meu faleceu recentemente com 58 anos de idade. Estava casado de novo e há pouco tempo. Quanto tempo a esposa tem de estar casada para qualificar-se para benefícios de sobrevivente?
R. - Viúva/o, para qualificar-se para benefícios tem de estar casada pelo menos nove meses. Há várias exceções, pelo que o melhor é contactar-nos.

P. - Recebo benefícios do Seguro Suplementar (SSI). Estou a pensar em mudar-me para a Flórida ou Georgia porque, atendendo à minha condição médica, passo muito mal com o frio. Será que o meu pagamento vai sofrer alteração com esta mudança de estado?
R. - É possível que sofra alteração porque os pagamentos do SSI são diferentes em alguns estados. Ao chegar ao novo estado deve entrar em contacto com o Seguro Social, avisando sobre a mudança.

P. - Tenho quase 61 anos de idade e fui recentemente aprovada para benefícios do Seguro Social por incapacidade. Gostaria de saber se terei de submeter um requerimento separado para o seguro do Medicare. O meu marido continua a trabalhar e tem seguro médico que nos cobre. Desejaria ainda saber se há limite em que posso acumular numa conta bancária.
R. - Com respeito ao seguro do Medicare; se foi aprovada para receber benefícios de incapacidade do Seguro Social terá direito e será inscrita automaticamente no seguro do Medicare depois de 24 meses de elegibilidade. Mas no caso de ter seguros do emprego do seu marido pode recusar a parte B do Medicare que tem um prémio mensal. E se estiver incluído seguro para os seus medicamentos, que seja tão bom ou melhor do que os planos aprovados do Medicare, não terá que inscrever-se num programa de receitas médicas, tambem conhecido pela parte D de Medicare. Se estiver a receber apenas do Seguro Social pode acumular o que quiser na sua conta bancária. Se tiver direito ao programa do Seguro Suplementar, conhecido por SSI, um casal tem um limite de recursos de $3000.