O que o mundo precisa para exterminar o mal uma união por igual, numa luta em geral!

 

 


O mundo, cá como eu penso,
Tem que se unir, em gerar,
Pois só assim, me convenço,
Haver a cura final!

Porque uma ovelha, somente,
Andar fora da união,
Será o suficiente,
P’ ra uma propagação!

Mas existe sempre alguém
Que de isto, nada sabe,
Cujo a sua missão tem
Outro dever que lhe cabe!

E este dever não é novo,
É uma obrigação,
De defender todo o povo,
Seja do Partido ou não!
Não forma nenhum sentido
Governar por este modo,
Só pensando no Partido.
Nação, é o povo todo!

Quando o povo vai votar,
Seu voto tem intenção
Da pessoa governar,
Não um Partido, a Nação!

E o político a discursar,
Antes de ir ao pedestal,
Impõe que vai governar
P’ ra todo o povo em geral!

Depois de apanhar o posto,
A roda logo desanda,
Vai logo impondo o seu gosto,
O seu Partido é quem manda!

Isto, é vício mundial,
O povo, já pouco conta,
Mas vai pagar afinal
Os erros que ele apronta!

 Prometendo dia a dia,
A melhoria futura.
Gritando democracia
“Enxertada em ditadura!”

Não vou citar quem ou qual
A nação que significa,
O mundo, quase em geral,
Este modelo pratica!

De alguns, observamos
Que enquanto em alta voz
Todo o Pai Nosso rezamos,
Eles… Até Venha a Nós!

O vício é tão entranhado
Que existe alguns dementes
Cujo roubo é praticado
Nos artigos p’ rós doentes!

Que consciência senhores,
Existe em certas pessoas,
Já bastante superiores
E consideradas boas!

Mas, no fim, o que elas são,
Com a pele de cordeiro,
Senhores da corrupção
Na ganância do dinheiro!

É isto o que eu vejo
E que não forma sentido.
Falo, por ser meu desejo
Qu’  isto seja corrigido!

Eles são boas pessoas,
Mas, as ofertas são boas!

P. S.  

Falei...falei, podem crer,
Como quem acusar ousa.
Mas, quem sabe, no poder,
Se faria a mesma coisa!

Agora, penso que não!
Mas todos que já erraram,
Eram contra tal questão,
E também assim pensaram!

Mas o dinheiro, meus amigos,
Tem influência tamanha,
Quem come um pouco dos figos,
Quer mais e o vício apanha!

Não é gente de miséria,
Estou falando em gente séria!