Eu amo Deus e sou um cristão tentando seguir as pegadas de Cristo?!...

 

 

Vou expor o meu parecer,

Ninguém tente copiar,

Aqui vai o meu pensar,

Certo ou não, é o que eu penso!

Tenho o meu modo de ver,

Sobre o que sei e que li,

O que vai escrito aqui,

São ideias, por extenso!...

 

Amo Deus e a razão

Vou dizer, porque até

Ali está minha fé,

Num Deus bom que abençoa.

Considero-me Cristão,

Até creio na Trindade

E que Cristo, na verdade,

Seja a Segunda Pessoa!

 

Deus é o Todo poderoso,

É único, o verdadeiro,

Mas, eu quero falar primeiro

No Divino Espírito Santo.

Um Espírito poderoso,

Força de Deus tão potente,

Que não se vê, mas se sente,

Bem viva em cada canto!

 

Um poder que veio dos Céus

Com força, no Rio Jordão,

Quando Cristo a João,

Exige, em nome de Deus

Ser neste rio batizado.

E a voz de Deus numa luz,

Falou de Cristo Jesus:

Este é Meu Filho Amado!...

 

Cheio do Espírito Santo,

Sua força, brada aos céus,

Herdou o poder de Deus,

Cristo homem se reforça.

Respeitando, no entanto,

Seu Pai, o Deus Poderoso

Qu’ao Seu Filho tão ditoso,

Confiou, dando-lhe a força!

 

Sendo assim é bem verdade,

Pai, Filho e Espírito Santo

Entendemos, no entanto

Cristo, a força de Deus tem!

Aí temos a Trindade!

Cristo, Homem sobre a Terra,

A sua força se encerra

Na força que de Deus vem!

Não são três Deuses... Não são!

A força de Deus, em suma,

Fez das três forças, só uma.

Cristo, cheio d’Espírito Santo,

Herdou força, o Condão

E na Sua Missão vai

Cumprir as ordens do Pai,

Coberto pelo seu Manto!...

 

Penso qu’ assim se passou,

Ou, é assim que eu entendo,

Quem melhor está sabendo,

Diga, eu quero aprender,

Se a minha ideia errou,

É sempre humano o errar,

Quem me quiser emendar,

Eu aceito, podem crer!...

 

Mas, ser Cristão, está visto,

Não é só o ir rezar

À igreja e implorar

De joelhos, sem seguir

O que nos ensinou Cristo,

Como seja, o dar Amor

De mãos dadas sem rancor,

E ao seu próximo acudir!...

 

Não é só entrar na igreja,

E enganar... a imagem,

Porque a Deus era bobagem

E a Deus ninguém engana!...

Vão lá só p’ra que se veja

Uns minutinhos apenas,

Fazendo gestos e cenas,

Uma vez só por semana!

 

P.S.

Quem procura as

pegadas de Cristo!...

 

Eu tento e muitos tentam

Mas o mundo em revolução

É tamanha a tentação

Com Satanás avançando

Os humanos não aguentam

Só poderá pôr fim nisto,

A vinda de Jesus Cristo,

Cujo o tempo está chegando!

 

Chama atenção este Papa,

Com ideias bem formadas,

Creio que seguindo as pegadas

De Cristo, o Filho de Deus,

Em nada deitando a capa

A sua lei não se atrasa,

Começa dentro de casa,

Dos católicos aos ateus!...

 

Nas Bodas de Cana, Cristo

Transformou água em vinho,

Seguindo o mesmo caminho

O Papa tem transformado

Com palavras, pelo visto!

Não vinho, nem sua cor,

Transformou ódio em amor,

Graças por Deus bafejado!

 

Muito há p’ra se dizer,

Deste Papa atual

Tem sido um bom sinal,

Dum bom modo e fecundo.

Poderá ser ou não ser

Um dos que foram ungidos

Entre os milhares escolhidos

Para endireitar o mundo!...

 

Para findar, meus senhores,

Eu sou daqueles que ousa

Discordando qualquer coisa

Fora do diapasão.

Mas guardo todos valores

Pondo fora o que não presta,

Mas, uma coisa me resta,

Deus... é minha salvação!...

 

 

De Deus... tudo

quanto escrevo,

Não paga o

juro que lhe

devo!...