Kassio celebra 20 anos de carreira

 


Para celebrar os seus 20 anos de carreira esteve recentemente entre nós o popular artista português natural do Algarve, Kássio, tendo atuado em Fall River, no Centro Cultural Português e em East Providence, no restaurante O Dinis. A digressão deverá continuar nas comunidades portuguesas da Suíça, França, Inglaterra, Canadá e em várias localidades de norte a sul de Portugal.

Recorda a sua primeira aparição na TV, no programa que lançou, o Big Show Sic, em 1998/1999. Mas foi em 2000 que gravou o seu primeiro disco, sendo também o ano em que deixou o Algarev para rumar definitivamente a Lisboa e abraçando assim uma carreira que já se adivinhava de promissora.
 “Olhando para o passado parece que 20 anos passaram a fugir e recordo o primeiro disco que gravei em 2000 e ao longo destes anos tornei-me mais maduro e me fez crescer artisticamente, ao que contribuiu também para isso o projeto À Variações (tributo ao saudoso António Variações), que iniciei há dez anos e reconheço que tenho ainda muito a aprender, mas não me posso queixar, porque acho que tive uma carreira bonita e vou continuar a esforçar-me para dar o melhor de mim e dos meus fãs”, começou por dizer Kassio em entrevista na redação do PT.
A assinalar os 20 anos de carreira, Kássio gravou gravou um CD denominado Best Of, onde estão incluídos os seus maiores sucessos na sua já longa carreira ainda um DVD gravado ao vivo em 2019 durante os seus concertos de verão e com o projeto “À Variações”.
É a nona digressão que efetua às comunidades portuguesas dos EUA e nos últimos anos apoiado pelo bailarino Ricardo.
“Não poderia deixar de comemorar 20 anos de carreira nos Estados Unidos, onde construí grandes amizades que me têm carinhado ao longo dos anos e queria introduzir algo de novo no meu espetáculo e para isso convidei a artista Ana Dominguez, que tem sido realmente uma experiência muito boa”.

Ana Dominguez, natural do Porto e que reside em Long Island, New York, por sua vez sublinha que está a adorar a experiência de atuar em palco com Kássio.
“Eu acho que deu frutos esta combinação que fizemos e como consequência disso decidimos formar um projeto para breve”, salienta Ana, que tem já três discos gravados com o quarto a surgir já no próximo mês de março. Tem atuado nas comunidades lusas de New York, New Jersey, Connecticut, Massachusetts e ainda frequentemente em Portugal.
O espetáculo tem ainda a participação do bailarino Ricardo, que tem acompanhado Kássio há sete anos e mais recentemente a integrar também o espetáculo de Ana Dominguez, que se fez acompanhar do marido nesta breve deslocação ao Portuguese Times.
“Isto de dançar tem também muito a ver com as emoções que sentimos no momento e passamos isso para o público, conforme o género musical, como é óbvio”, diz-nos Ricardo, que tem ainda papel importante na visualização dos espetáculos de Kássio e no agendamento.
Kássio faz questão de sublinhar que gosta de cantar tanto para os portugueses lá radicados como nas comunidades, contudo refere que é nas comunidades onde encontra essa grande saudade e carinho especial do público. “Tenho sido muito bem recebido aqui e quando parto fica sempre a promessa de voltar porque as pessoas perguntam sempre para quando o regresso e isso é prova de que gostam de mim e do meu trabalho, o que é muito gratificante para mim”, salienta Kássio confidenciando que adoraria atuar para as comunidades portuguesas no Brasil.