Governadora de RI, Gina Raimondo nomeada para Secretária do Comércio dos EUA por Joseph Biden

 

 

O Presidente eleito dos EUA, Joseph Biden, escolheu a Governadora de R.I. Gina Raimondo para Secretária do Comércio.
Falamos do estado, fisicamente, mais pequeno e a confirmação de que das pequenas embalagens saem grandes prendas. 
Os mais astutos não deixaram passar o facto da escolha ter recaído na governadora do Estado de Rhode Island. Mas por sua vez houve quem fizesse sobressair as qualidades e o motivo de tal escolha. Antes da entrada nos detalhes políticos. Temos uma vez mais de realçar o poderio comunitário do estado que tem maior percentagem de portugueses, o maior número de lusoeleitos. As mais significativas celebrações do Dia de Portugal, não de admirar, foi em Rhode Island que se iniciaram as celebrações nos moldes atuais. E aqui poderemos considerar como coroa de glória. A governadora de Rhode Island, Gina Raimondo, ladeada pelo Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, primeiro-ministro António Costa, transportando a tocha que acenderia a chama da portugalidade em pleno arraial, ato presenciado por milhares de pessoas em lugar de excelência no centro da cidade de Providence. 
Em palco os elogios à comunidade portuguesa. Mas não são elogios orquestrados para ficar bem na foto. São elogios que temos vindo a usar nas reportagens.
Mas antes de entrarmos nos detalhes da nomeação é bom sailentar que a governadora Gina Raimondo recebeu o embaixador Fezas Vital acompanhado pela então vice-cônsul, Márcia Sousa.
As fotos que ilustram o trabalho identificam as boas relações entre a comunidade portuguesa e a governadora Gina Raimondo, sem esquecer o numeroso grupo de luso eleitos. A nomeação da lusodescendente Ann Assumpico para o comando da State Police, o lusodescendente Peter Neronha, atualmente procurador geral. O chefe de gabinete do Lt. Governor e que assume agora o lugar de governador é Anthony Silva, que vem do comando da Academia da Polícia em RI. O juiz Luís Matos, ainda nomeado pelo governador Lincoln Chaffe para o Rhode Island Superior Court. 
E depois desta apresentação e relação governadora/comunidade lusa vamos aos atributos que levam Gina Raimondo para uma posição federal. 
Somos muitos e bem posicionados ilustres lusoeleitos.
“Rhode Island pode ser um estado pequeno, mas a nossa economia assenta nas pequenas indústrias e inovação tecnológica”, refere Gina Raimondo, que acrescenta: “Como secretária de Comércio vou aproveitar os princípios americanos para criar bons postos de trabalho com união e construir uma economia melhor do que antes tivemos”.
A equipa de transição de poderes do presidente-eleito Biden informou que a decisão da escolha baseia-se no facto da governadora de Rhode Island, Gina Raimondo, ter sido a chave da sua posição na economia. A agência é muito crítica em tudo, desde a tecnologia, mudanças de clima até à promoção da indústria americana. 
A equipa de transição de poderes disse que “é conhecida como tendo desenvolvido uma forte administração que foi capaz de colocar o estado de Rhode Island numa situação de normalidade depois de ter estado na posição do pior, com mais desemprego, em todos os Estados Unidos. 
A declaração da comissão de análise sobre a governadora Gina Raimondo, considera “uma  campeã de criatividade. Iniciativas económicas à frente da maioria” e creditada com “bem sucedido programa de preparação de trabalhadores” e um programa de empréstimos para pequenos negócios. “Criou 150 novos empresários, mais de metade mulheres e pessoas de cor”.
Na declaração refere-se: “tem trabalhado rápido para recuperar a economia do estado da situação de pandemia, aumento de postos de trabalhos com energia limpa. E colocar Rhode Island num patamar capaz de alcançar 100 por cento de energias renováveis”. 
Perante todos estes atributos não nos parece que Gina Raimondo vá encontrar oposição perante a confirmação no Senado dos EUA, logo após a tomada de posse do novo presidente, a 20 de janeiro. A resignação ao mandato coloca o Lt. Governor Dan McKee na posição de governador para os dois últimos anos de mandato do segundo termo na mais alta posição administrativa do estado de Rhode Island. 
A última vez que o governador de Rhode Island interrompeu o seu mandato foi em dezembro de 1950, quando John O. Pastore resignou para o lugar de U.S. Senate, e o “Lt. Governor” assumiu a posição de governador por algumas semanas até á eleição de Dennis Roberts.
Será que McKee, antigo mayor de Cumberland, está preparado para assumir a posição de governador? “O que vos posso dizer é que sim, estou pronto a assumir a posição”, sublinha por sua vez o novo governador de Rhode Island.
 

 

• Fotos e texto de Augusto Pessoa