MNE e INCM apresentam a coleção Comunidades Portuguesas

 

 

No âmbito do protocolo de cooperação celebrado entre o Ministério dos Negócios Estrangeiros e a Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM) para a divulgação de textos relevantes àcerca da Diáspora Portuguesa, a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, o diretor editorial e de cultura da INCM, Duarte Azinheira, e o presidente do conselho editorial, Luís Castro Mendes, apresentam as obras escolhidas para a coleção Comunidades Portuguesas, que será lançada a partir de 2021 no âmbito desta cooperação.
Esta coleção, àcerca da história, vivências e realidade cultural da Diáspora Portuguesa, integra as secções “Estudos e documentos sobre a Diáspora”, “Textos de criadores da Diáspora” e “Biblioteca de Textos Fundamentais sobre Política Externa”.
Todos os títulos da coleção Comunidades Portuguesas foram selecionados por um conselho editorial que, além do seu presidente, é composto por Ivo Castro, Margarida Calafate Ribeiro e Onésimo Teotónio Almeida.
Numa sessão aberta à comunicação social foi apresentado o programa da Colecção Comunidades Portuguesas.
O Conselho decidiu que as obras vencedoras do prémio literário Ferreira de Castro, da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, seriam ipso facto objecto de publicação digital e também em papel, nomeando-se desde já os livros Não Viajarei por Nenhuma Espanha do malogrado Marcus Vinicius Queiroga (poesia) e Irene Marques Uma Casa no Mundo (romance), galardoados em 2019 e A Parte pelo Todo de Mónica Vieira-Auer (poesia), premiada em 2020.

Foi decidido publicar no corrente ano de 2021 as seguintes obras na coleção Comunidades Portuguesas – Estudos, Ensaios e Testemunhos:
Uma antologia de textos de autores portugueses sobre a nossa emigração e as nossas comunidades, intitulada A Emigração na Literatura Portuguesa, organizada pelo escritor António Manuel Pires Cabral
Uma recolha de poesia tradicional popular portuguesa revivida pelos nossos emigrantes, agora O Cancioneiro Português dos Estados Unidos, organizado por Manuel da Costa Fontes
Os livros de memórias No Fio da Vida: uma odisseia açor-americana de Francisco Cota Fagundes e A Porta Aberta de Laurinda Andrade
Na coleção Comunidades Portuguesas – Criação Literária será ainda publicada, além dos já referidos vencedores do Prémio Ferreira de Castro para 2019 e 2020, uma antologia de poemas de Eduardo Bettencourt Pinto
Para o ano de 2022 está já programado: Estudos, Ensaios e Testemunhos:
A obra inédita de Isabelle Vieira Regards croisés francophones et portugais, les images des portugais, que será publicada em duas versões, francesa e portuguesa, a sair por ocasião do festival cultural luso-francês Saisons Croisées.
O segundo volume da recolha de poesia tradicional popular portuguesa recriada pelos nossos emigrantes O Cancioneiro Português do Canadá, organizado por Manuel da Costa Fontes. As memórias de Manuel Paiva.

E para a coleção Comunidades Portuguesas- Criação Literária, além da obra que virá a ser galardoada com o Prémio Ferreira de Castro, de 2021 pondera-se a publicação de um livro de poemas e de um livro de contos de autores das comunidades portuguesas no estrangeiro, a serem anunciados oportunamente.