Festas de São Vicente de Paulo, dos Amigos da Terceira resumidas ao salão para manter a tradição

 

“Ainda bem que veio. Desta forma a reportagem no Portuguese Times vai mostrar que, limitado ao salão os Amigos da Terceira, não esqueceram o padroeiro, São Vicente de Paulo”. 
Quem assim fala é Herberto Silva, que tem levado a água ao moinho e mantendo Os Amigos de portas abertas não obstante as restrições ainda em vigor. Por sua vez, Portuguese Times facilita a promoção e preservação. São exemplos que se sucedem baseados no texto e na foto, que, caso contrário, cai no esquecimento. E para que tal não suceda lá estivemos para contar como foi.
Houve cantoria com Eduardo Papoila, José Plácido, regressado na noite anterior dos Açores, José Custódio e José Soares, que nos habituou a ouvir nas Avé Marias das romarias e que pela primeira vez nas quadras de uma cantoria. Mas o “home” dá muito boa conta de si. Por motivos profissionais só podemos fotografar os dois primeiros.
Entretanto rezou-se o terço e houve jantar de festa. 
Houve conjuntos, Os Capitalistas e Legacy e artistas, Manny Silva e José Almeida, para abrilhantar as noites dançantes e muita alegria. O folclore é uma componente que além de dar boa fotografia é um dos grandes motivos de atração das nossas gentes.
Desta vez o escolhido foi o rancho do Clube Social Português. Movimentado, levou os presentes a Portugal de norte a sul, passando pelos Açores e Madeira. O período de férias ainda em vigor ditou a ausência de pares, mas os presentes deram muito boa conta de si, tendo em conta os aplausos arrancados à plateia. 
Não faltaram as cuidadosas senhoras quer na confeção das iguarias regionais quer nas famosas malassadas. Como se depreende, houve todos os ingredientes para dias de arraial, pena da  falta do sol a fazer brilhar o cortejo etnográfico e o cortejo da rainha. Vamos esperar para 2022. Se as restrições desaparecerem e os mais teimosos já estiverem vacinados. 
A festa acabou, mas as grandes sextas-feiras, com a excelente gastronomia, já a poder ser saboriada no salão ou em “take-out”, continua a ser o grande atrativo semanal.
Feijoada, bacalhau com natas, bacalhau à Zé do Pipo, alcatra de polvo, gambas na sertã, bife à micaelense, combinado de frutos do mar, bacalhau fresco assado. 
Esteja atento. Semanalmente ali tem oportunidade de se deliciar com o melhor.