Prince Henry Society atribui $52.500 a 52 estudantes da área de New Bedford

 

A Prince Henry Society, delegação de New Bedford, atribuiu $52.500 a 52 jovens da área de New Bedford que irão prosseguir os seus estudos em univer­sidades, em cerimónia que constou de “brunch”, pelo 39.º ano consecutivo e que teve lugar dia 16 de junho no restaurante Century House, em Acushnet.

A Prince Henry Society é uma associação de em­presários luso-americanos fundada em 1980 por Milton Ferreira e pelos já falecidos Anthony S. Catojo, Jr. e Gabriel Moura e cujo objetivo é apoiar jovens estudantes lusodes­cendentes que prossigam os seus estudos a nível universitário, para além de apoiar iniciativas de ca­rácter cultural, social e humanitário.

Desde 1980, a Prince Henry Society já atribuiu o montante de $997.700 a 998 estudantes da área de New Bedford.

Este ano os estudantes contemplados foram:

Monica Eires, Emma Tomaszewski, Patrick Clark, Erin Tetrault, Hunter Bulis, Brianna Furtado, Taylor Alves, Marcel Sou­sa, Sophia M. Arribada, Jasmine Davidson, Justin Pereira, Marissa Freitas, Hayden Parker Lens, Alexandria Macedo, Michael T. Barry, Jacqueline C. Ra­cine, Benjamin Resende, Helena Farias, Natasha Moniz, Andrew Sullivan, Alexia Maçaroco, Victoria Cameron, Meagan Sebas­tião, Bailee Amaral, Sean Sebastião, Isabella Freitas, Sarah Fernandes, Reilly S. Leconte, Samantha Costa, Alexander Faria, Chloe Martinez, Ruth Amado, Davi’an L. Gonçalves, Caroline Lambert, Court­ney Carreiro, Rachel Pe­reira, Jamie Read, Zachary O’Brien, Selena Marie Arruda, Joshua Correia, Michele Silveira, Chandler Goulart, Devon Walsh, Mackenzie Vieira, Nicole Cunha, Lucas Pacheco, Kaitlyn Rose Furtado, Sarah Furtado, Cameron Costa, Clinton Hegarty, Navi Cabral e Misael Tavares.