É de Weymouth o primeiro milionário do VaxMillionsGiveaway em Massachusetts

 

Dois residentes de Massachusetts lucraram duplamente por terem levado as suas injeções de vacina contra o coronavírus, além de terem ficado imunizados tornaram-se os dois primeiros vencedores do sorteio estadual VaxMillions.

“Hoje é um grande dia”, disse o governador Charlie Baker ao anunciar Darrell Washington, de Weymouth, como o primeiro contemplado com um milhão de dólares e Daniela Maldonado, 15 anos, aluna da Chelsea High School, como ganhadora da bolsa de estudos de $300.000.

Washington, 63 anos, assistente social da Blue Cross, tornou-se elegível em abril, quando foi vacinado.

Maldonado pensou tratar-se de uma brincadeira quando recebeu o e-mail dizendo que tinha ganho e disse que o prémio é uma oportunidade de realização para uma estudante de baixos recursos financeiros como ela.

As pessoas de Massachusetts que se vacinaram ainda têm mais quatro oportunidades para ganhar. Qualquer residente com um cartão de vacinação do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças comprovando estar vacinado contra o coronavírus pode participar no sorteio VaxMillionsGiveaway.

Dois premiados serão selecionados em cada um dos próximos quatro sorteios semanais. Um premiado, que terá de ter mais de 18 anos,  ganhará um milhão de dólares e o outro premiado, com idade entre 12 e17 anos, ganhará uma bolsa de estudos universitária de $300.000.

Os residentes qualificados poderão participar do sorteio contatando VaxMillionsGiveaway.com ou telefonando para 211. Os residentes que ainda não foram totalmente vacinados podem-se inscrever para sorteios futuros assim que receberem as vacinas.

Segundo o governador Baker, desde o anúncio do sorteio em junho, cerca de 200.000 pessoas receberam as suas primeiras injeções e cerca de 330.000 foram totalmente vacinadas.

Massachusetts tem a segunda maior taxa de vacinação per capita do país,  mais de 80% dos adultos já foram vacinados.

Os prémios são pagos com dinheiro da ajuda federal do American Rescue Plan recebida por Massachusetts.

O sorteio visa dar um novo impulso à campanha de imunização em Massachusetts e é nos moldes de sorteios lançados em Ohio e Califórnia. 

Outros estados tomaram outras medidas. A cidade de New York, por exemplo, que já antes tinha oferecido outros incentivos, incluindo sorteios de prémios de cerca de 4,5 milhões de dólares e hambúrgueres e batatas fritas grátis, passou esta semana a oferecer um incentivo financeiro de 100 dólares a quem se vacinar, uma vez que o índice de vacinação está a diminuir.

Segundo os dados oficiais mais recentes, 54,4% da população de New York, (cerca de 8,3 milhões de pessoas) está totalmente vacinada contra o coronavírus, percentagem que sobe para 65,5%, se contabilizados apenas os adultos.