1838 casos de coronavírus em Massachusetts e já se registaram 15 mortes

 


Mais três pessoas em Massachusetts morreram de coronavírus, anunciou o departamento estadual de Saúde Pública, no domingo. As três novas mortes elevam o total do estado para nove mortes por coronavírus (dados do dia 26 de março). 
As três pessoas que morreram eram três homens - dois na casa dos 70 anos nos condados de Hampden e Berkshire e um terceiro na casa dos 90 anos, do condado de Suffolk, mais localmente de Boston e foi o primeiro residente da cidade vitimado pelo COVID-19. Todos os três estavam hospitalizados e o homem do condado de Berkshire tinha uma condição de saúde subjacente.
As autoridades de Massachusetts anunciaram a primeira morte do estado no dia 20 de março. Trata-se de um homem de 87 anos, morador em Winthrop, condado de Suffolk. O homem havia sido hospitalizado e tinha condições de saúde pré-existentes que o colocavam em maior risco para o COVID-19.
A segunda morte, divulgada dia 21, uma mulher de 55 anos, de Hayer, condado de Middlesex .
Até domingo, as autoridades de saúde dizem que 646 residentes de Massachusetts haviam testado positivo para o COVID-19, um salto de 121 novos casos à medida que o estado aumenta os seus testes.
O número total de testes em Massachusetts subiu para 6.004 no domingo, um aumento de 797 testes em relação ao dia anterior.
Dos 1,838 casos confirmados em Massachusetts, 99 estão vinculados à conferência de funcionários da Biogen, de Cambridge, no final de fevereiro.
Dos casos restantes, 83 estão ligados a transmissão local, 68 são relacionados com viagens e 396 estão sob investigação.
O condado de Middlesex tem o maior número de casos confirmados com 199. O condado de Suffolk tem 126 casos confirmados e o condado de Norfolk tem 75 casos confirmados.
Os casos envolvem 275 homens e 249 mulheres, 61 dos pacientes foram hospitalizados, 215 não hospitalizados e 249 estão sob investigação.
O DPH disse que se as pessoas apresentarem sintomas leves, devem-se auto-isolar imediatamente e consultar o seu médico para ver se precisam fazer o check-in pessoalmente. Caso contrário, devem ficar em casa enquanto estão doentes e praticar o distanciamento social.
No Sudeste de Massachusetts, as autoridades de saúde de Lakeville anunciaram no sábado dois casos positivos de coronavírus e cujos pacientes estão em quarentena.
Em New Bedford, o mayor Jon Mitchell confirmou neste sábado o primeiro caso de coronavírus, estando o indivíduo em quarentena.
Na quarta-feira, Mitchell anunciou que a cidade fecharia todos os playgrounds públicos e os isolaria com fita amarela, pois vários estudos indicam que o coronavírus pode viver em algumas superfícies por horas ou dias seguidos.
Mitchell também falou das dificuldades financeiras que a pandemia está causando às empresas e restaurantes locais, muitos dos quais inevitavelmente precisarão demitir trabalhadores.
Enquanto a cidade continua a prestar serviços essenciais, os edifícios municipais permanecem fechados ao público. Os funcionários municipais foram instruídos a trabalhar em casa.
Como as escolas de New Bedfdord permanecem fechadas, o café da manhã e almoço gratuitos estão disponíveis para os alunos de segunda a sexta-feira nas seguintes escolas: Escola Campbell, Carney Academy, Escola Gomes, Escola Hayden-McFadden, Escola Keith Middle School e Escola Roosevelt.
O serviço está disponível entre as 11h30 e as 13h.
Fall River também anunciou no sábado o seu primeiro caso presuntivo de COVID-19. Em comunicado à imprensa, a cidade disse que o morador está isolado e todos os que estiveram potencialmente expostos foram contatados e estão em quarentena.
O Southcoast Health System - o maior prestador de serviços médicos no condado de Bristol – disse estar preparado para um possível aumento de pacientes com coronavírus e tenta reduzir a possibilidade de novas infeções, instando as pessoas a praticarem boa higiene e a ficarem o mais longe possível das outras pessoas.
Centenas de trabalhadores em dois hospitais do oeste de Massachusetts foram afastados do trabalho devido ao surto de coronavírus. Duzentos funcionários do Baystate Medical Center, em Springfield, foram convidados a ficar em casa e fazer testes de coronavírus.
No Berkshire Medical Center, em Pittsfield, 160 funcionários também estão em quarentena por duas semanas, pois um dos funcionários deu positivo para o vírus.
Após fechar todos os programas de educação infantil em Massachusetts, o governador Charlie Baker anunciou sábado que mais de 300 programas de assistência infantil de crianças estão disponíveis nas cidades e vilas do estado para apoiar o pais que têm de trabalhar.
As autoridades sanitárias pedem aos residentes que evitem multidões (desautorizadas reuniões com mais de 10 pessoas) e fiquem a um metro de distância uns dos outros para evitar a propagação do vírus.
Além do distanciamento as pessoas devem lavar as mãos pelo menos 30 segundos ou usar desinfetante sempre que possível. Quem não se sentir bem deve ficar em casa e quem tiver dúvidas sobre o seu risco ou exposição deve telefonar para o seu médico ou para 2-1-1, a linha de informações do Departamento de Saúde de MA.
Mais de 32.000 casos de coronavírus foram confirmados nos EUA e pelo menos 400 pessoas em todo o país morreram da doença altamente contagiosa.
Mais de 330.000 casos foram confirmados em todo o mundo e quase 17.000 pessoas morreram. 

 

Governador encerra comércio não essencial

Entretanto o governador Charlie Baker ordenou, segunda-feira, o encerramento do comércio não essencial de MA até 07 de abril, com previsão desta data ser prolongada.