Jasiel Correia, ex-mayor de Fall River começou a ser julgado em Boston

 


O ex-mayor de Fall River, Jasiel Correia, começou a ser julgado num tribunal federal de Boston por 24 acusações de fraude, suborno e extorsão que encerraram a sua carreira política. 
É acusado de roubar dinheiro de investidores num aplicativo para smartphone que Correia criou e de extorquir centenas de milhares de dólares a indivíduos que pretendiam abrir lojas de venda de marijuana em Fall River e pretendiam que as suas licenças fossem autorizadas.
O julgamento foi várias vezes adiado devido às restrições de distanciamento social e o juiz permite apenas 26 pessoas na sala de audicências.
Segundo o procurador assistente, Zachary Hafer, o julgamento tem duas partes e seguirá ordem cronológica, começando pelo aplicativo SnoOwl, aplicativo projetado por Correia para ajudar os clientes a contatarem restaurantes, e depois a corrupção na autarquia de Fall River. 
Hafer disse aos jurados que vários investidores investiram $400.000 no aplicativo SnoOwl e Correia gastou $270.000 num estilo de vida luxuoso para ele e a namorada, comprando um carro Mercedes e roupas de marca, e viagens.
O ex-mayor também é acusado de extorquir dinheiro a vendedores de marijuana em troca da sua assinatura em cartas que lhes permitiam abrir lojas na cidade. 

Uma das testemunhas ouvidas a semana passada foi Natalie Cleveland, ex-namorada de Jasiel Correia. 
Os dois namoraram três anos e meio e Natalie lembrou os presentes que ele lhe ofereceu colónia Neiman Marcus, sapatos Christian Louboutin, pulseira e brincos Tiffany and Co. e carteira Kate Spade.