Embarcação multada em $500.000 por descarga de resíduos oleosos

 

O barco de pesca Vila Nova do Corvo II, de New Bedford, foi multado em $511.000 pela descarga dos filtros de óleo combustível em violação dos regulamentos de controlo de poluição em águas costeiras no sudeste da Nova Inglaterra.

As violações foram descobertas pela Guarda Costeira e referem-se a descargas de resíduos dos óleos lubrificantes do barco durante a colheita de vieiras por não ter a capacidade suficiente para reter toda a água oleosa a bordo.

A Guarda Costeira dos EUA disse que a Carlos Seafood Inc., proprietária da embarcação, concordou no pagamento das multas federais.

Os proprietários, Carlos Rafael e Stephanie Rafael DeMello, bem como o mestre do barco, Carlos Pereira, concordaram em pagar um total de $511.000 em penalidades civis e realizar melhorias na embarcação.

Os Estados Unidos apresentaram a denúncia em abril de 2019 no Tribunal Federal Distrital de Boston. Como parte do acordo, os gerentes da empresa pagarão penalidades civis de $500.000, e o mestre do barco pagará multas de $11.000. Além do pagamento das penalidades civis, os donos do barco têm que tomar medidas corretivas para melhorar a operação da embarcação e prevenir futuras descargas.

Carlos Rafael, 66 anos, dono da maior frota pesqueira da Costa Leste e conhecido nacionalmente pela alcunha de Codfather, está a cumprir uma pena de 46 meses de prisão em Fort Devens, MA, por sonegação de impostos e acusações relacionadas com fraude fiscal.