Portugalia Markeplace em Fall River abriu as portas à tradição do presépio natalício

 

 

A Portugalia Marketplace em Fall River já inaugurou o presépio da Lagoa, revivendo a tradição natalícia, nos atribulados tempos que se correm.
É o que de pode considerar uma obra de escultura, num trabalho de um grande profissional Gualberto Cordeiro. Claro que a imposição dos tempos atuais não facilitou a sua deslocação aos EUA, o mesmo sucedendo com Roberto Medeiros, que foi o grande impulsionador do reviver desta tradição nos EUA. José Pires chamou a si a responsabilidade da montagem do presépio, que passará a deslumbrar todos aqueles que visitarem a Portugalia Marketplace pela época natalícia. 
Vá com tempo. Admire o detalhe das casas que constituem as aldeias. As janelas na esferovite deixam ver as cortinas a iluminação e as mobílias.
O detalhe é impressionante. Por fora e por dentro das casas. 
A tinta/cola transforma a esferovite em blocos de construção da residência, onde uma vez e desta vez o pincel, dá pinceladas de saber dando cor ao branco do material. Aqui existe o conhecimento da mistura das tintas, para dar o tom de telha, dos ombrais das portas, da parede. Aqui há mestria e conhecimento.
A freguesia, ou melhor as freguesias surgem entre os montes e vales. Estamos no Vale das Furnas. 
Igrejas, casas apalaçadas, casas humildes. Tudo feito com a mesma perfeição do resto de todo o presépio. No topo, está a gruta. São José a Virgem Maria e o Menino. Em sua volta, a vaquinha e o burrinho. Os reis magos, completam a cena. 
É este o presépio da Lagoa que pode ser observado na Portugalia Markeplace. 

 

• Fotos e texto de Augusto Pessoa