Perguntas e Respostas

P. — Tenho 68 anos de idade e deixei o meu emprego o mês passado por ser acometido de grave doença. Gostaria de saber se posso requerer benefícios do Seguro Social por incapacidade. Presentemente estou a receber a minha reforma do Seguro Social.

R. — Um idivíduo não pode submeter um requerimento para benefícios do Seguro Social por ter uma incapacidade depois de ter atingido a idade completa de reforma.

 

P. — Pode avisar-me se benefícios do Seguro Social são pagos a prisioneiros?

R. — É exigido por lei que a administração suspenda benefícios do Seguro Social a qualquer indivíduo condenado de um crime e que seja encarcerado por trinta dias ou mais. Da mesma maneira, temos que suspender benefícios de “SSI” de recipiendários por um período de um mês. Para ajudar no cumprimento da lei, a administração tem contratos com cada estado, números de jurisdições locais e ainda com um escritório federal de prisões, que nos fornece com informação (nomes e números de Seguro Social).

 

P. — Eu e meu marido recebemos benefícios do Seguro Social. Será que os benefícios combinados são reduzidos porque somos casados?

R. — Não. Quando cada membro de um casal trabalha e contribui para Seguro Social e que cumpra com os requerimentos para receber os mesmos, a avaliação é feita independentemente. O montante é baseado nos salários de cada um.

 

P. — A minha tia faleceu recentemente. Ela não tinha marido nem filhos e nós, os sobrinhos, somos os sobreviventes. Teremos direito a algum auxílio para as despesas do funeral?

R. — Não, não têm direitos. Neste caso não existe benefício nem auxílio pago pelo Seguro Social.