Perguntas e Respostas

P. — Estou aposentado e a receber benefícios do Seguro Social. Casei novamente o ano passado e a minha esposa tem um filho com 16 anos de idade. A minha esposa trabalha e tem 59 anos. Será que o meu enteado pode receber alguma parte dos meus benefícios do Seguro Social?

R. — É possível ele qualificar-se, se for determinado que ele é seu dependente. Além de ter que submeter um requerimento para benefícios, conforme a situação, é provável que tenha de apresentar outra documentação e responder a perguntas adicionais. Se ele se qualificar poderá receber até 50% do seu benefício até completar 18 anos de idade. Ligue para o número grátis: 1-800-772-1213 ou visite o escritório local para requerimento.

 

P. — Estou ajudar a cuidar de uma vizinha idosa, viúva, que está a viver independentemente, mas duvido que será por muito tempo. Era professora e tem uma pensão subs­tancial. Ela mostrou-me um montante de correspon­dência que tem acumulado sem alguém dar atenção. Umas das cartas veio do Medicare, notificando que ter­­minaram o seguro dela, por falha de pagar os prémios mensais. Ela tem o dinheiro para pagar, mas com a sua idade, a memória está a falhar e não tem pago as dívidas a tempo, incluindo os prémios do Medicare. É uma pessoa doente e não pode estar sem seguro. O que fazer?

R. — Ela deve pagar os prémios sem falta para nor­malização do seu Medicare. É aconselhável contactar o Seguro Social, onde vão pedir explicação da razão de não ter pago o seguro, para assim poder ser aprovado o pedido. É provável em casos como estes, designar um indivíduo para ter responsabilidade de mandar o paga­mento a tempo para assegurar que o seguro não seja can­celado novamente no futuro.