O trabalho… Será que é prejudicial para a saúde?!

 

 

Há gente que pensa errado,

Com fantasias se ilude.

O trabalho, moderado,

É um mentor da saúde!

 

Exercita, a gente sente

O corpo a fortalecer.

Dá vigor à nossa mente

E alegria de viver!…

 

Dá o trabalho alegria,

Se do trabalho gostamos,

Fornece uma autonomia,

C’ o lucro do que ganhamos!

 

O sério, sente se bem

Ao saber que o seu valor

E tudo que ele tem,

Foi ganho com seu suor!…

 

Só qu’ alguns, agora estão

Duma maneira bem meiga,

Sentados, comendo o pão

Bem untado com manteiga!...

 

Foi o trabalho que Adão

Recebeu de Deus imposto.

Disse Deus:- Ganharás Pão

Com o suor do teu rosto!...

 

A partir de Adão e Eva,

Para nos alimentar,

O Povo do mundo leva,

Sua vida a trabalhar!…

 

Para quem nasceu cansado,

Devo dizer:- Trabalhar,

Num trabalho moderado

Somente pode ajudar!...

 

O trabalho, quem bem veja,

Faz parte da nossa lida,

Mas, não quer dizer que seja,

O objetivo da vida!…

 

É de Deus, também lembrar,

Que disse, antigamente

P’ra crescer, multiplicar,

Encher o mundo de gente!…

 

Esta Lei, se aceitou bem,

Está o mundo abarrotado,

Cada vez mais povo tem,

Mesmo sendo dizimado!…

 

Tinha Adão sido avisado

Por Deus, com um tom forte:

Que, o salário do Pecado,

Seria a Eterna morte!...

 

O trabalho, é necessário.

Nunca sendo avaliado

Por quem ganha mais salário,

Ou quem o tem dizimado!…

 

Porque vemos, hoje em dia,

Os trabalhos, na verdade,

Que dão mais categoria,

Enche-os d’ autoridade!…

 

E num desgosto profundo,

Por nós pagos, bolsas cheias,

Tornam-se os donos do mundo,

Senhores de vidas alheias!

 

São situações bem precárias,

Porque eles estão seguros,

Sentados nas secretárias,

Garantindo os seus futuros!…

 

O trabalho nos ajuda,

É o nosso ganha pão,

Mas, às vezes,  tudo muda,

Se não houver atenção!

 

Porque há coisas traiçoeiras,

Que precisam de atenção,

Tóxicos, químicos e poeiras,

Barulhos, radiação!…

 

Parece que seja errado,

Todo este meu reclamar,

Mas, isto já tem matado

Muita gente a trabalhar!…

 

E, quem não deitar sentido,

Vai entrar em maus lençóis,

Lembrem: - Homem prevenido

Dizem que vale por dois!…

 

Também precisa cuidado

O que, também se lamenta,

É o “stress” chamado,

Que provoca a morte lenta!…

 

Um “bossa” sempre sacode

Exige muito, afinal,

Cada qual faz o que pode,

Ou então, vai passar mal!…

 

“Boss” não lhe interessa o  dano,

Há que o trabalho aumentar.

Como fosse o Ser Humano

Uma máquina a trabalhar!…

 

Nós somos de carne e osso,

Mas os “bossas”: no mandar

São a carne do pescoço,

Ninguém pode mastigar!

 

 

 

P. S.

Mas, vamos ao trabalho!…

 

Quem vai Deus observando,

Tentando ver o seu fito,

Vê Deus sempre trabalhando

Por este espaço infinito!…

 

Que temos que reclamar,

Quando a coisa mal nos calha,

Nós temos que trabalhar,

Se até Deus também trabalha!…

 

A obra que Ele formou,

Desde a Terra e a Lua,

Ainda não acabou,

Tudo ainda continua!…

 

Esta Obra, quanto a mim,

Tão linda, eu acredito

Que jamais terá um fim

Neste Espaço Infinito!…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Posso estar num erro imenso,

Mas, é isto o que eu penso!…