Cimeira de luso-eleitos e líderes comunitários em Sacramento, Califórnia

 

Sacramento, capital do estado da Califórnia, será palco para a primeira cimeira de luso-eleitos neste mega estado da união americana. Organizada pela recém-criada coligação California Portuguese-American Coalition (CPAC), a cimeira que tem o apoio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e promete ter, durante dois dias a maior presença de luso-eleitos e elementos em posições de liderança nas nossas comunidades de origem portuguesa neste estado.

A CPAC, criada o ano passado pelo jovem Steven Nascimento, antigo autarca na cidade de Turlock, onde reside uma importante comunidade portuguesa, é uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de promover a presença de um maior número de luso-descendentes no processo eleitoral. “A cimeira da CPAC é uma oportunidade para os eleitos de descendência portuguesa e líderes comunitários se reunirem, não só para celebrarem a sua herança cultural, mas, simultaneamente, encetarem um diálogo aberto sobre como nos organizarmo-nos no seio da esfera política”, disse Steven Nascimento na apresentação da cimeira.

A CPAC, ao longo do seu primeiro ano de existência de catorze meses, já identificou cerca de 80 luso-eleitos, em várias partes do estado, desempenhando funções como autarcas, em direções escolares, em direções de planeamento, em supervisores de condados e na assembleia, a recentemente eleita Cecília Aguiar-Curry da zona de Napa.

Mais, como é sabido três dos congressistas do Cale de San Joaquim, são luso-eleitos, nomeadamente Jim Costa, Devin Nunes e David Valadão. “Os portugueses têm uma longa história de representação politica, a nível do Congresso, no que concerne ao Vale de San Joaquim”, disse Diniz Borges, presidente da direção do CPAC, acrescentando: “começando com Tony Coelho e passando por Dennis Cardoza.” Recorde-se que Tony Coelho foi um dos políticos mais significativos na Câmara dos Representantes, tendo sido Diretor Nacional do Partido Democrático e adjunto da liderança no Congresso. Quer Coelho, quer Cardoza são altamente respeitados na comunidade portuguesa do Vale de San Joaquim. “Estes e outros decanos na politica americana, foram pioneiros e o seu trabalho tem que ser continuado e aumentado a todos os níveis”, salientou Diniz Borges, acrescentando que a cimeira servirá como fórum para congregar os luso-eleitos, assim como, traçar planos concretos para o futuro.

A cimeira, marcada para 5 e 6 de junho em Sacramento, focará vários tópicos, incluindo as relações transatlânticas entre Portugal e os Estados Unidos, particularmente no que concerne à Califórnia e às comunidades, construir coligações entre a nossa comunidade e outros grupos étnicos, e incentivar uma maior participação de jovens no processo politico.

Estes dois dias de trabalho, reflexão e planeamento estratégico, contarão ainda com uma receção para a qual estão convidados deputados e senadores que representam zonas com forte implantação de luso-descendentes assim como uma pequeno-almoço onde serão lidas as conclusões do evento.

 

Entre outros convidados destaca-se a presença do Presidente da FLAD, Vasco Rato; do Cônsul-Geral de Portugal em San Francisco, Nuno Mathias e a Deputada Estadual Cecília Aguiar-Curry.