Curso de formação para jovens da diáspora pretende reforçar ligação às raízes açorianas


O Diretor Regional das Comunidades destacou, em São José, na Califórnia, o empenho do Governo dos Açores em promover iniciativas que reforcem o relacionamento dos jovens da diáspora com a Região. 
Paulo Teves, que falava sábado na ‘Noite Cultural Portuguesa’, assegurou que o Executivo açoriano vai manter “esta política e aposta na aproximação dos açordescendentes ao arquipélago”, anunciando, nesse sentido, a realização, este ano, de “um curso de formação para jovens das comunidades”.
 “Esta iniciativa tem como principal objetivo dar a conhecer aos jovens açordescendentes a sociedade açoriana atual, abordando os seus aspetos sociais, culturais e económicos, e incutindo nestes jovens a necessidade de se envolverem em projetos comunitários com ligações aos Açores e às suas raízes”, frisou Paulo Teves.
 “Quer nos Açores, quer na diáspora, devemos assumir o desafio de manter, perpetuar e dinamizar o nosso tecido associativo existente no mundo, mas também intensificar as iniciativas com e para os jovens”, salientou Paulo Teves, na sua intervenção neste evento, que decorreu no Clube Atlético Português, no âmbito da 41.ª conferência anual da Luso American Education Foundation (LAEF).
 O curso, segundo Paulo Teves, abordará temáticas como turismo, economia, liderança comunitária e empreendedorismo, bem como questões ambientais e do mar.
 Este ano, a iniciativa será dirigida aos jovens residentes nos EUA, sendo abrangidos nas próximas edições outros países onde existem comunidades açorianas. 
“O Governo dos Açores, através da realização de iniciativas destinadas a jovens açordescendentes, tem procurado reforçar sua ligação à Região, incentivando a participação em atividades e instituições comunitárias que promovam e preservem o legado cultural açoriano nas sociedades onde estão radicadas”, salientou o Diretor Regional.
 Paulo Teves frisou que tem sido uma prioridade do Governo dos Açores, na área das comunidades açorianas, realizar e apoiar iniciativas que “congregam jovens e estimulam a sua participação mais ativa no mundo comunitário”.
 Neste âmbito, afirmou que o apoio à realização da conferência anual da LAEF e a parceria no programa do LAEF Summer Camp, através da integração do embaixador cultural dos Açores neste projeto, reflete bem a “cooperação que existe entre o Governo Regional e o associativismo da diáspora para promover e dinamizar junto dos mais novos a sua efetiva participação”.
 “Aproximar os jovens da diáspora açoriana das suas origens, através de um conhecimento mais aprofundado e atualizado das ilhas atlânticas onde germinaram as suas raízes, e proporcionar-lhes os meios que lhes permitam estabelecer melhores contactos e uma relação mais próxima com as novas gerações residentes no arquipélago é um objetivo fundamental que queremos perseguir, pelo que contamos com o apoio e colaboração das nossas organizações e líderes comunitários”, afirmou Paulo Teves.
 A 41ª edição da conferência anual da Luso American Education Foundation, que decorreu em São José, nos EUA, contou com o apoio do Governo dos Açores.
 Este encontro, subordinado ao tema ‘Raízes’, reuniu alunos e professores de Língua Portuguesa, bem como associações comunitárias, com o objetivo de divulgar e dinamizar o legado português existente na Califórnia.