48.º Aniversário da Fundação Faialense

 

Rui Baptista homenageado em noite de atribuição de bolsas de estudo que atingem cerca de 400 mil dólares

 

Rui Baptista, que a comunidade já se habituou a ouvir diariamente pelas 6:00 da manhã na WJFD, estação de rádio com estúdios em New Bedford, teve honras de homenagem pela Fundação Faialense, uma das organizações mais conceituadas nos EUA.

Rui Baptista nasceu na cidade da Horta a 1 de setembro de 1962, filho de Fernando Baptista e Maria Baptista. Tem quatro irmãos. É casado com Catarina Baptista. É pai de André Filipe e Mónica Sofia e tem dois netos.

Completou o curso de Administração e Comércio no antigo Liceu da Horta, hoje Escola Secundária Manuel de Arriaga. Após cumprido o serviço militar foi funcionário do Governo Regional dos Açores.

Praticou várias mo­dalidades desportivas, entre as quais, atlétismo, vela, basquetebol e futebol no Fayal Sport Club.

Foi árbitro e presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol da Horta. Foi ainda durante algum tempo redator desportivo do extinto Jornal Correio da Horta.

Veio para os EUA em 1989, tendo-se radicado em Taunton, Mass., onde reside atualmente.

Depois de várias ativi­dades profissionais, em 1998 conjuntamente com a sua esposa, abre o Cata­rina’s Hair Salon em Taunton.

Foi árbitro da Luso American Soccer Asso­ciation (LASA) e mais tarde presidente dos árbitros daquela associação. Foi presidente da Assembleia Geral e Direção do Taunton Sports Club. Fez parte da comissão organizadora das comemorações do Dia de Portugal em Taunton.

Membro da Fundação Faialense desde 2002, com quem tem colaborado durante todos estes anos para a divulgação desta organização, tendo sido Presidente da Delegação de Massachusetts e Presidente do Conselho Supremo em 2012.

            

O banquete teve lugar no Venus de Milo em Swansea, no passado sábado, onde uma das grandes finali­dades é atribuição de bolsas de estudo a alunos oriundos de faialenses residentes nos EUA.

Mas o espírito faialense vai mais longe e numa forte ligação à origem atribui bolsas de estudo a alunos a frequentar estabeleci­mentos de ensino no Faial e com aproveitamento ten­dente a entrar no ensino universitário.

Pelos vistos as diretrizes e finalidades dos seus fundadores, entre os quais Manuel Fernando Neto, que foi o primeiro presidente, tem-se mantido ao longo dos anos, sempre com o mesmo entusiasmo de uma organização que foi pioneira na atribuição de bolsas, não só cá, nos EUA, como lá no Faial.

São estas iniciativas que seriam totalmente desconhecidas se não fosse Portuguese Times a trazer à luz do dia o que de bom se faz no seio comunitário.

António Teixeira, figura que se destacou no ensino e na administração (mayor) de Bristol, assumiu as funções de mestre de cerimónias, perante uma audiência em que se destacavam os jovens alunos que durante a noite iriam receber as bolsas de estudo.

António Teixeira foi apresentado por Anthony Nunes, mais uma figura faialense que se distingiu no ensino, ocupando lugares de principal nos mais conceituados high school da região.

Além da sua destacada posição no ensino, tem sido ao longo da vida um defensor dos costumes e tradições portuguesas, que espelhou por vários anos, na parada do Dia de Portugal em Taunton, que inexplicavelmente, saiu do programa comunitário.

Tomariam parte na mesa de honra, António Teixeira e esposa, Jaime Silva e esposa, Cristine Siva, Nelson Almeida e esposa, Madalena Silva e marido, ladeando o presidente da fundação José Brum e esposa.

Com olhares postos no futuro, estavam os seis bolseiros da Fundanção Faialense, radicados nos EUA e que viram o seu esforço recompensado pelo apoio da organização a uma projetada formação universitária:

Susana de Andrade, residente em Taunton que se espera formar em “Early Childhood Education”. Frequenta o Bridgewater State University.

Vitoria Leigh, residente en Mattapoisett que se espera formar em “Nursing”. Frequenta a Bridgewater State University.

Carli Rita, residente em Mattapoisett, que espera formar-se em “Occupational Therapy”. Frequenta a Bridgewater State University.

Michael Alberto, residente em Taunton. Espera formar-se em “Pharmacy”. Frequenta a University of England

Ariana Parchesco LaPlante, residente em Swansea, estudante de “Global International Business”. Frequenta o Syracuse University.

Sabrina Magan, residente em Taunton, aluno de “Elementary Education or Early Chilhood Education”. Frequenta o Bridgewater State University.

Mas como acima se refere, o apoio está também direcionado aos alunos residentes no Faial, caso único no seio das comunidades.

Joana Gomes, Cedros, Universidade dos Açores. Luís Souto, Praia do Norte, Instituto Superior de Agronpmia. Helena Dutra, Cedros, Escola Superior de Saúde. Eduardo Freitas, Angússtias, Faculdade de Direito da Universidade Nova Lisboa. Joana da Silva, Matriz, Universidade de Coimbra, Faculdade de Letras. Maria Monteiro, Matriz, ISPA, Instituto Superior de Psicologia Aplicada, são os alunos radicados na origem que foram contemplados.

 

Fundação Faialense, 48 anos ao serviço da comunidade

A Fundação Faialense, uma das mais conceituadas associações com relevantes serviços prestados na ajuda ao torrão natal e ao pros­seguimento dos estudos académicos, através da atribuição de bolsas de estudo, festejou 48 anos de existência.

Este encontro, que teve a sua primeira edição no Clube União Faialense, em New Bedford, tem-se realizado anualmente com um número crescente de entusiastas que apostam na continuidade.

Nomes como Manuel Fernando Neto, um dos fundadores e primeiro presidente entre 1969-70, já se enquadra num dos homenageados.

João Carlos Pinheiro, outro valioso empresário, grande adepto da vela também já faz parte do número dos homenageados.

Nelson Matos, de uma segunda geração de empresários, sendo um dos bolseiros e mais tarde presidente, já se encontra no quadro dos homenageados.

Curiosamente na passagem do 45.º aniversário, o mestre de cerimónias foi Rui Baptista, o homenageado deste ano, que já presidiu à fundação e que falou na  homenagem ao saudoso José Faustino Goulart da Silva.

 

• Fotos e texto de Augusto Pessoa