Octávio Pragana é um exemplo de juventude aos 91 anos

 

O estação de televisão WPRI (canal 12), de Providence, transmitiu dia 4 de agosto uma curiosa entrevista com Octávio Pragana, Tacky para os amigos, antigo polícia de New Bedford e que, aos 91 anos, mantém-se ativo e faz todas as manhãs exercícios no ginásio que montou na cave da sua casa.

Deram-lhe o nome de Octávio por ser o oitavo fi­lho. Tinha 17 anos quando os japoneses atacaram Pearl Harbor, alistou-se na Marinha e andou pelo Pacífico Sul durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra da Coreia. O seu barco foi afundado, 23 dos seus companheiros mor­reram e quando chegou ajuda voltou para casa e foi polícia durante 29 anos na esquadra da Ashley Street.

Agora, 70 anos depois, Pragana ainda anda na sua mo­tocicleta e dispara de vez em quando na carreira de tiro da polícia, com os filhos e netos dos seus antigos cama­radas. A sua fonte da juventude é manter-se ativo.

“Mantenha-se ativo, mantendo o corpo em forma, por­que se perder as pernas e não se mover, algo vai acontecer”, diz Pragana. A longevidade está na família. Um dos seus irmãos viveu até aos 99 anos, uma irmã até aos 97 e Octávio Pragana, benjamin da família, espera lá chegar e tem uma razão importante: “Eu gosto da vida”.