Trump quer demitir 46 procuradores federais e entre eles o lusodescendente Peter Neronha

 

O procurador-geral dos EUA (cargo correspon­dente ao de ministro da Justiça em Portugal), Jeff Sessions, pediu dia 10 de março a demissão de 46 procuradores federais que foram nomeados durante a administração de Barack Obama e ainda perma­necem no cargo. Em comu­nicado, o Departamento de Justiça refere que o pedido é idêntico aos que foram feitos no passado quando a presidência mudou. Nos EUA há 93 procuradores federais e o de  Rhode Island é o lusodescecdente Peter D. Neronha, que já fez a sua renúncia na sexta-feira. Na sua declaração, Neronha disse que foi uma honra e um privilégio servir Rhode Island por quase oito anos como o principal promotor federal do estado.